22.12.12


Mulheres e a sua loucura

4

Visite o 20 anos blue,lá tem um monte de textos novos ;) 




Sou dessas que tem coragem para as loucuras mais absurdas, mas que é muito medrosa para coisas simples. É por isso que eu vivo inventando desculpas pra não me entregar, pra não correr atrás. Desculpas que eu me esforço para acreditar, mas que nunca serão bem assimiladas. Desconfio que isso seja um misto de orgulho com medo de se machucar. Sou insegura demais para simplesmente me deixar levar pelos acontecimentos. Entro em pânico só de pensar em perder o controle.

Sou dessas que diz não, mesmo querendo dizer "sim, sim, sim, por favor!". Sou dessas que finge desapego para esconder sentimentos, ao mesmo tempo que entrega o jogo com um olhar assustado que tenta se fazer de desinteressado. Sou dessas que nega estar apaixonada, mas fala tanto dele que faz as amigas ficarem de saco cheio. Sou dessas que ri do sentimentalismo, mas que é cheia de sentimentos. Que bagunçam, machucam, confundem. E quando fica insuportável, transbordam. Derrubando tudo pelo caminho.

Você deveria saber, meu bem, que quando eu te disse "me esquece" na verdade eu quis dizer "por favor, não vá". E que o meu "se cuida" significava "eu te amo". E que quando eu te dei aquele tapa, eu queria mesmo era me atirar em seus braços.

Mas é claro, você não tem culpa dessa minha loucura inconstante. Dessa mania de querer ser desvendada escondendo todas as minhas verdades. Me desculpa, vai. Perdoa se eu te confundi. Mais uma vez.

Só que pra ficar comigo, você vai ter que aguentar as minhas idas e vindas alucinadas. Não precisa entender. Muito menos questionar. Só me aceitar. Aceitar esse meu jeito meio louco de fingir não querer enquanto te puxo mais pra perto. De gritar pra você me deixar em paz e te procurar no dia seguinte como se nada tivesse acontecido. Não é que eu queira te enlouquecer, nem nada. É que, você sabe, eu sou mulher. E eu sou mulher demais.

15.12.12


Coração egoísta

0

Visite o 20 anos blue,lá tem um monte de posts novos ;) 



Sabe aquelas pessoas que se preocupam com os problemas alheios e estão sempre prontas para ajudar? Então. Eu não sou uma delas.

Eu sou egoísta. Você sabe, aquelas pessoas que só se preocupam com o seu ego. Sou focada demais em mim mesma, narcisista e obsessiva por mim, tão centrada no meu próprio umbigo e nos meus próprios problemas que me esqueço de olhar em volta de vez em quando, esqueço de sair do meu mundinho particular e acabo não enxergando quando alguém precisa de mim. Não que eu me orgulhe disso, muito pelo contrário. Invejo os prestativos, os generosos. Mas é que isso é algo que eu simplesmente não consigo mudar. Não que eu alguma vez tenha tentado.

Por isso, já te peço desculpas se eu não tiver paciência de ouvir seus desabafos, se eu não te oferecer meu ombro amigo, se eu não te der bons conselhos, se eu não perceber sua dor, se eu não te der um abraço quando for isso o que você mais precisa. Sou muito desligada pra isso. Mas já estou te pedindo perdão, antecipadamente.

Eu sou, sim, egoísta, mesquinha, arrogante, vaidosa, distraída e até um pouco insensível. Mas eu também sei ser amiga, carinhosa e divertida. Se precisar de mim, é só chamar. Me chame mesmo se eu não entender o seu pedido mudo de socorro. Me grita, vai. Não se sinta só, eu estou aqui.

Sempre estarei.

VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

13.12.12


As ilustrações de Yukari Terakado

5

Visite o 20 anos blue,lá tem um monte de posts novos ;) 


Yukari Terakado é uma ilustradora japonesa incrível, que vem conquistando o mundo virtual e real com seus traços leves, inspirações em moda e no universo feminino e em outras coisas meio loucas. hahah Isso sem falar que as caveiras são super presentes no trabalho dela, e eu sou apaixonada por caveiras, já até fiz um post - clique aqui para ver - sobre elas. 
Os desenhos são bem fora da realidade, surreais e loucos, e acho que é isso que vem conquistando cada vez mais fãs, como eu!
Dá uma conferida aí nessas imagens incríveis:

Meu favicon!















Gostou? Então acessa o site oficial e o flickr para conferir mais trabalhos dessa artista! 

11.12.12


Apresentando: SoKo

1

Visite o 20 anos blue,lá tem um monte de posts novos ;) 




SoKo (Stéphanie Sokolinski) é uma francesa de 26 anos que começou a carreira como atriz, mas que em 2006 decidiu seguir a sua verdadeira paixão: a música. O apelido de SoKo, além de vir do sobrenome, também tem relação com not sokute, ou seja, não tão adorável. Achei super criativo!



Além disso, Not Sokute também é o nome do EP de SoKo. Ela não tem nenhum disco lançado, mas tem várias músicas disponíveis na internet, como no site oficial ou no myspace. Ah, e não esquece de curtir no facebook!




O ritmo segue uma linha folk, indie e pop, que eu adoro. Mas o melhor das músicas dela, na minha opinião, são as letras, que misturam um tom de melancolia com o cômico. São letras divertidíssimas, com um humor irônico e fofo. Você vai gostar se curtir Lana Del ReyClarice Falcão, por exemplo - e eu sou loucamente apaixonada pela Clarice e pelas músicas dela, hahah.



"Ela é uma piranha, você sabe, tudo que ela tem é a loiritude. Nem mesmo ternura, sim, ela é uma burra. Ela vai te chutar por um modelo chamado Brendan." I'll Kill Her



"Eu li hoje em uma revista, que homens não gostam de meninas que são tímidas e tristes, então agora eu uso meu sorriso mágico, só para você." The Dandy Cowboys



"Talvez eu deva por alguma maquiagem e achar algum traje louco. Mas eu estou muito cansada hoje e eu não me importo se eu não estou bonita. Deveria ser como essas garotas, magra e notável o tempo todo, mas eu continuo usando meu chinelo e comendo todos os doces sozinha." Shitty Day




"Eu não me importo se eu estou de novo apaixonada, se você jurar me dar seu coração em troca." Take my Heart
VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

8.12.12


Amigos, amigos; amor à parte

0

- Engraçado, mas eu não era assim tão obcecada por novas mensagens de texto. Eu não era assim antes de você. Eu não achava tudo "fofo", eu não terminava frases com "awn *-*". Nunca fui de chorar em comédias românticas, mas agora...Peraí. Se é comédia não devia fazer a gente chorar. Só se eu estiver...Não, não. Não aquela palavra com "A".

Olha, eu até gosto de você um pouquinho. Talvez mais do que um pouquinho, vai. Você é legal. E bonito. E inteligente. E sexy. E me faz rir com esse seu jeito distraído-meio-que-de-propósito. Ou com esse seu jeito manso de falar, esse ar de quem não está nem aí pra nada que desaparece quando me vê, como se eu fosse a única coisa que te interessa. Ah tá.

Mas é só, entendeu? Eu posso até te chamar de amor ou de meu bem em algum momento de distração, mas ignore. Ignore o fato de eu ficar vermelha quando você me olha daquele jeito. Esqueça que te liguei com saudades ontem de madrugada.

É só a gente fingir que não surgiu nenhum sentimento muito forte nesse lance de amizade colorida. Entendeu? Só porque a gente passa muito tempo pensando um no outro, não quer dizer que as coisas estão saindo do controle, certo? Ok. Já que está tudo esclarecido, eu vou indo e...

- Ei, volta aqui...Eu não acredito em você. Fala a verdade, vai.

- Ah, quer saber? Que se dane, eu te amo!

Opa.


VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

3.12.12


Juras de amor próprio

6

Querida eu,

Prometo nunca me esquecer de quem você é. Você é o amor da minha vida, a heroína do meu filme. Nunca, em hipótese alguma, duvide disso. E quando estiver triste, lembre-se do quanto é especial. Se olhe no espelho e diga "vai, conquiste seu mundo". Ou então: "Arrasou, gata!"

Você é forte, mas nem sempre tem noção disso. É por isso que eu estou aqui, dizendo a mim mesma que eu sei que vou me amar, por toda a minha vida. Desesperadamente.

Prometo que não vou deixar que a inveja, o rancor, o ódio, a falsidade e a insegurança me contaminem ou me ponham pra baixo. E que não vou desistir dos meus sonhos, nem esquecer das minhas origens.

Prometo que não vou esquecer daquela menina que usa all star na balada, dança pra fazer gracinha, faz piada de tudo e não tá nem aí para o que os outros pensam. Prometo que, haja o que houver, não vou esquecer de mim.

VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

24.11.12


Só por hoje

4
Tumblr_mdwo25t1uz1rlg37to1_500_large


Hoje eu sonhei que a gente era um casal. Estranho né? A gente se gosta demais para um dia chegar a isso. Dá medo só de pensar nessa hipótese. Mas no sonho a gente até que era feliz. Não um casal qualquer, um casal apaixonado. Com direito a demonstrações de carinho em público e tudo. Dois pombinhos. E, tenho que admitir, até que gostei de ser sua namorada.

Fiquei imaginando, e se fosse verdade? Eu seria sua, você seria meu. Eu seria a garota que escreveria nossos nomes na última página do caderno e você seria o cara que gravaria nossas iniciais no tronco de uma árvore. Faríamos juras de amor eterno, nos beijaríamos à luz do luar depois de tentar contar as estrelas e você tocaria no seu violão alguma música que compôs para mim. Olha só, que surreal. Você nem ao menos toca violão!

Mas confesso que, só por hoje, eu queria te ter só pra mim. Só por hoje, queria te chamar pra ver um filme e ficaríamos deitados no sofá, falando besteiras. Só por hoje, queria olhar nos seus olhos e dizer que te amo.

Ainda bem que daqui a pouco essa vontade passa. Ainda bem que é só por hoje.


Visite o blog novo: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

14.11.12


Apresentando: Birdy

1

Birdy é uma cantora inglesa com nome de passarinho (bird, em inglês), rosto de garotinha - tem só 16 aninhos! - e vozeirão de mulher. Confesso que me apaixonei pelas músicas desde a primeira vez que escutei e depois fui me apaixonando pelos clipes, pelas letras, pelo cabelo dela - invejinha... Enfim, já deu para entender né? hahah É o tipo de música para escutar enquanto lê um livro, antes de dormir para relaxar, quando está apaixonada - principalmente se você quiser curtir uma fossa, já que as letras são bem melancólicas.


Birdy toca piano e compõe desde pequenininha e ganhou uma competição de música em 2008, com 12 anos de idade. Ela ficou conhecida depois de fazer um cover da música "Skinny Love", do Bon Iver e da "1901", da banda Phoenix. Os clipes tem um clima meio de conto de fada triste e vintage ou é só impressão minha? hahah Adoro.



"Pessoas ajudam pessoas, nada vai arrastar você para baixo." People help the people
"Tentando encontrar o meio-termo, cai de volta no amor eventualmente." Young blood


"Mas aí vem você para me salvar do perigo. Aí vem você para pegar-me em seus braços. Isso é só um jogo? Eu não sei." Just a game


"O que você diz é muito complicado, porém, por um minuto, eu não conseguia dizer como ir embora." 1901"Você pode fazer o que quiser, baby, porque eu estou deixando você para alguém que vai me amar verdadeiramente." Be free




"Eu digo ao meu amor para destruir tudo. Corte todas cordas e deixe-me cair." Skinny love


No facebook ou no site da fofa dá pra baixar de graça o single "Without a word". Corre lá! Eu baixei e acabei de receber minha música por email. =)
VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

12.11.12


Para os meus comparças

0

"Quero honras e promessas, lembranças e histórias. Somos pássaro novo longe do ninho." (Legião Urbana)

Nós queríamos curtir a vida, viver intensamente um pouco - ou muito - de cada coisa como se fossem os últimos momentos. E eram. Foi com esse pensamente que começamos, e é pensando assim que terminaremos.

Se fizéssemos uma retrospectiva das nossas loucas histórias - até agora - veremos que são muitas e hilárias. Não ouso contá-las aqui, pois assim estaria quebrando um ou mais juramentos de sigilo. O que digo é que fomos e seremos muito felizes.

Somos jovens, droga! E "o que eles falam sobre os jovens não é sério". Não nos preocupamos tanto em construir uma carreira sólida ou em ter estabilidade financeira. Não queremos uma vida de mentiras.



Queremos uma vida de excessos, promessas, esperanças, ilusões e verdades cheias de dúvidas. Queremos nada menos que liberdade e bons momentos, o que deveria ser nosso por direito. Queremos seguir nossos corações e ir contra as regras. Queremos adrenalina. Queremos borboletas no estômago, mesmo que ás vezes tenhamos vontade de matá-las.

Queremos nunca envelhecer, mas queremos reconhecimento de maturidade. Queremos prolongar o presente e ao mesmo tempo acelerar a vida para a parte em que realizamos os nossos sonhos, para a parte em que seremos felizes. Isso tudo, é claro, sem esquecer do quanto somos felizes agora, aprendendo com o passado, aproveitando o presente e sonhando com o futuro.

Nossa jornada ainda não acabou. Aliás, não é nem o princípio do fim. É o princípio do princípio. Agora é daqui para o mundo, galera. Hora de "bater asas e voar". E nem o céu é o limite.

VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

Menos uma

0
 
Não gosto de você como antes. Sinto muito te informar isso assim, desse meu jeito duro e simplificado demais, talvez até insensível. Mas é que você precisa saber.

Eu preciso te falar sobre o quanto já gostei de você. E olha, não foi pouco não, viu? Meu coração disparava freneticamente quando detectava a sua presença e ao mesmo tempo eu sentia minha pele enrubescer e uma agitação inconveniente e estranha no estômago. Você já sentiu isso por alguém? Você já sentiu isso por mim?

Se antes eu criava diálogos e situações impossíveis com você e passava 99% do meu tempo pensando em nós dois, hoje eu não tenho tais sintomas e passo esse mesmo tempo pensando em mim.

Durante muito tempo eu fui sua, sim. Te esperei e fui paciente. Me doei inteira, mas só recebi migalhas. E agora você chega assim, de repente e atrasado demais e eu te digo que não dá mais tempo de voltar atrás. Mania boba de mulher, essa de se doar. Mania besta de homem, essa de chegar sempre tarde demais.

O problema - o seu problema - foi que você percebeu esse meu súbito desinteresse. Ou talvez tenha sido um gradual desinteresse, fruto de algumas mentiras sem desculpas e regado a uma boa dose de desilusão. Você finge se preocupar comigo, mas se preocupa só com o seu ego. Se preocupa em ter perdido, em ser substituído. E perdeu, perdeu mais uma que poderia te fazer feliz. Mais uma que se cansou das usas promessas impossíveis, dos seus joguinhos de sedução barata. Mais uma, meu bem.

Ou melhor, menos uma pra você.


VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

21.10.12


Decide ou desiste

3

A gente precisa conversar, ele disse. Concordei. Mas como dizer todas aquelas frases ensaiadas milhares de vezes, porém nunca ditas? Como olhar no olho do outro e expor o que é preciso? Tínhamos tanto a dizer, mas as palavras não saíam, mal podiam ser formuladas. O nó na garganta foi ficando maior.

Tá certo que o medo nos dominou, mais uma vez. Mais de uma vez. Passei a vez para você. Vai, se decida. Se não se decidir, meu bem, eu vou desistir.

Mesmo querendo me agarrar com todas as forças nessa história maluca, mesmo querendo me agarrar a você. Mas quando tudo dá errado, quando tudo parece ir no sentido contrário do que a gente queria, talvez seja porque é melhor assim.

Deixa o que deu e continua dando errado para trás. Desiste de consertar o que não tem conserto. Não insiste demais, não. Acabou. Tem coisa que não dá pra refazer, tem coisa que não dá pra ignorar.

Desiste de mim, amor, porque eu vou desistir de nós.

VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

19.10.12


Sair de cena

0

Se a gente tivesse certeza do que sentimos e, sobretudo, coragem para falar sobre isso, tudo teria sido diferente. Se você não tivesse fugido de mim. Ou se eu não tivesse tanto medo. Se não houvesse tantos motivos para dar tudo errado. Se não tivessem tantas dúvidas no meio do caminho. Se você tivesse ido atrás de mim e dito o que sentia, ou só mesmo o que eu precisava ouvir... Podíamos ter vivido um grande amor.

Se, se, se... Mas nada disso aconteceu. A gente preferiu fugir dessa rota arriscada, dos caminhos embaraçados e embaraçosos do amor. É tão mais fácil desistir. Se entregar é para os fortes, coisa de gente corajosa. E somos uns covardes, sim, e você sabe disso.

Seria simples simplificar tudo e pular logo para a parte em que ficamos juntos e vivemos felizes para sempre, se é que existe um final feliz para nós. Mas até lá, há um enredo inteiro, uma história longa e desgastante, tipo novela  em que dá tudo errado, que quase mata a gente de raiva e tudo só melhora e se acerta no último capítulo. Ou nada se acerta, já que nessa trama, a mocinha cansou do drama e está com uma vontade enorme de sair de cena, entregar o jogo para a vilã, rasgar o roteiro e se aposentar.

Talvez vida de figurante seja mais fácil.

VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

6.10.12


Apresentando: Charlotte Free

0

Oooi gente! Estou estreando a tag Apresentando que, como o próprio nome já diz, vai ter a função de apresentar as novidades, celebridades, bandas, tendências e qualquer coisa que eu ache legal o bastante para postar aqui. Esse tipo de post não é novidade aqui no blog, mas a tag só foi criada agora, mas serve né. hahahah


Hoje o post é sobre a modelo americana Charlotte Free, de 19 anos. Ela é super hype e diferente das tops tradicionais que a gente vê por aí, e só de olhar a foto já dá pra entender por quê né! O cabelo rosa mega estiloso - que, inclusive, é ela mesma que pinta em casa - aliado ao estilo rock e cheio de atitude, faz com que essa modelo chame atenção e se diferencie das demais.


Charlotte já desfilou para estilistas como Jeremy Scott e Charlotte Ronson e atualmente conquistou o posto de porta voz da Maybelline. Não é para qualquer uma, né?


 
No final de junho, ela veio ao Brasil para fotografar para a campanha de verão 2013 da Santa Lolla. No making off da campanha, você assiste a modelo fazendo caras e bocas para a camêra e confere o figurino e os bastidores:



AMEI o look
Essa menina nasceu pra ser minha amiga, só sei disso.
 
 
Quem gostou e quer ver mais fotos pode conferir o tumblr e curtir no facebook.

VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

5.10.12


Sabotador de sonhos

0

Eu já disse não, quando queria dizer sim. Eu já perdi a oportunidade que sempre esperei. Eu já deixei outra pessoa passar na minha frente. Eu já desisti porque achei que não fosse conseguir. Eu já deixei de me mostrar por medo de julgamentos. É que ás vezes, a gente tem esse impulso terrível de sabotar as nossas próprias vontades, de desistir dos nossos sonhos sem ao menos tentar.

Não que eu queira começar com aquele clichê do tipo "não desista dos seus sonhos", mas é que o medo nos persegue e nos impede de fazer muita coisa. Por causa dele, deixamos de lado os nossos desejos, somos o nosso próprio sabotador de sonhos.

O medo de se arrepender é uma entrave na nossa vida. É horrível pensar no que poderia ter sido, se fosse. Arriscar é preciso. Antes se arrepender por excesso do que por falta de atitude.
Se você tiver vontade de fazer, lute para que possa. Se puder, faça. Sem medo, sem arrependimentos. Mergulhe de cabeça, seja você mesmo e viva intensamente! Ok, chega de clichês.

Não sei vocês, mas cansei de viver na paranoia que é a sociedade. Cansei de me preocupar com tanta intriga e inveja. E daí se vão te achar estranho? E daí se, como diria a Pitty, você for bizarro, bizarro, bizzaro?

As maiores barreiras são as que a gente cria pra nós mesmos. As maiores barreiras são o medo e a insegurança. Então, que se danem os conceitos sobre o que é certo e errado, normal e estranho. Não quero mais sabotar os meus sonhos, quero lutar por eles. Quero me libertar dos meus próprios limites. Quero ter paz interior, não travar uma guerra contra a minha parte medrosa. Quero ser feliz. Quero viver.


VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

29.9.12


Ela chegou

8

Ela chegou. Salto alto, mini-saia de couro e batom vermelho. Eles olharam. Elas olharam. E ela nem notou. Foi direto para a pista. "Hoje eu quero me acabar de dançar", pensou. "Uma dose de tequila, por favor", falou. Ela é aquele tipo de garota que faz os caras virarem o pescoço e as menininhas darem um gritinho de inveja. "Ei, o que você tá olhando?", elas dirão aos seus namorados.

Ela sorriu. O tipo de sorriso alegre, contagiante e determinado. Ela sabe o que quer agora, mas não sabe o que vai querer daqui a dois minutos.

Então, cara, esqueça-a. Não perca o seu tempo se apaixonando por ela. Não perca o seu tempo. Nem se ela disser que precisa muito de você, depois de umas doses a mais. Nem se ela te pedir para levá-la em casa, nem se ela dançar pertinho de você. Ilusão. Paixão de uma noite.

A verdade é que ela é egoísta demais para se importar. Egoísta, fria, ambiciosa, vaidosa demais para se apaixonar. Uma pena. Coitadinha. 


VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

21.9.12


Amores Interrompidos

0

"A frase tinha parado na vírgula, faltava completar, havia reticências..." (Autor Desconhecido)

Amores são interrompidos facilmente, na maioria das vezes. Um amor interrompido é aquele que deixa no ar várias dúvidas, é quando a história para na vírgula ou termina em reticências. É quando um término de namoro pode virar uma reconciliação. É o famoso "vamos dar um tempo?". É a separação de um casal que não quer ser separado, seja pela distância, pelo orgulho ou por terceiras pessoas. Ou então quando um dos dois deixa de tomar alguma atitude ou de dizer alguma coisa que realmente precisava ser dita.

Interrupções são mesmo uma droga, não é? Mas podem ser evitadas. Basta a coragem necessária de seguir o coração. De ir atrás de quem se ama, não importando as consequências. De abandonar de vez o orgulho e o medo de ser feliz - que vem junto com medo de sofrer. Coragem de deixar um relacionamento que não dá mais certo para trás e seguir em frente.

Gente apaixonada requer atitudes desesperadas e impensadas. Então não pense. Faça. Diga. Não interrompa e nem sabote a sua própria história de amor. Deixe que termine. Deixe que comece. Mas não deixe inacabado.


VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

1.9.12


Beijo de cinema

0
Inspirada pelo livro "Um dia", de David Nicholls.

Você bem sabe o que a gente tem. Você sorri quando me vê e meu coração salta quando você se aproxima. Qualquer comentário bobo seu me faz rir. Você sempre procura por mim entre a multidão. A gente se olha por qualquer motivo e, eventualmente, me surpreendo ao te olhar e perceber que você está olhando para mim.

Você adora me implicar e acha graça na minha cara de brava. O nosso papo rola fácil e a gente pode conversar por horas sobre qualquer coisa, menos sobre o que realmente importa: Nós.

Temos tanto em comum. Química, é o que dizem. Fingimos esbarrar um no outro como desculpa para se aproximar. Você percebe minhas mudanças de humor, mesmo que não entenda o motivo delas. Perto de você me sinto segura, mas com medo. Nervosa, mas calma. E, se o tempo estiver bom e ninguém interferir, nos entendemos como ninguém.

"E como ficamos, afinal?", a gente se pergunta. Juntos é que não é. Não aqui. Não agora, a gente se responde. Agora não é pra ser. Tem tanta coisa entre nós. Tanta coisa que só o tempo pode fazer desaparecer.

Nunca fui muito paciente, você sabe. Mas é que no fundo, nós dois sabemos que no final desse filme de romance, vai ser eu, você e um beijo de cinema.

VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

27.8.12


Montanha Russa

0

Eu gosto quando as coisas saem do lugar. Mesmo que fique pior, não importa. Eu gosto de bagunça e até mesmo das dificuldades. Ser feliz? Parece constante e monótono. E isso eu não sei se eu quero, não para sempre. Sinto falta de problemas, de encrenca e de confusão. Eu sei que parece loucura total, coisa de gente estúpida. Mas mesmice e tédio são as piores coisas que existem.
Ok, confesso que algumas vezes, atordoada por tantos problemas, desejei um pouco de paz e calmaria. Só um intervalo para respirar. Porque férias prolongadas cansam, entediam. E permanecer na zona de conforto não faz bem a ninguém.

O que eu quero dizer é que dificuldades nos fazem crescer, sim. Clichê, mas verdadeiro. Superar um conflito com o quê ou quem quer que seja, nos dá mais confiança, segurança e independência.

E se é assim eu quero problemas, muitos deles. Quero uma novidade a cada dia, seja ela boa ou ruim. Quero complicações, só para me sentir mais forte ao superá-las. Não quero rotina. Abaixo a estabilidade. Eu quero andar na montanha russa, descansar só cinco minutinhos, andar na montanha russa de novo.

Isso porque - e aí vai mais um clichê verdadeiro - a vida é feita de altos e baixos.

VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

23.3.12


A trilha sonora perfeita:

1

Visite o 20 anos blue,lá tem um monte de posts novos ;) 


Tenho que confessar, um dos meus vícios é baixar músicas. Não somente músicas. Álbuns inteiros. E o que eu gosto muito de baixar é trilha sonora de filme. É ótimo, pq a gente fica conhecendo novos artistas, então quando eu assisto um filme sempre presto muito atenção nas músicas que tocam.
Por isso, resolvi fazer esse post, pra indicar as minhas trilhas sonoras preferidas, que são ótimas (modéstia à parte, né hahah). Espero que gostem!




500 dias com ela

Eu simplesmente ameeeeeeeei esse filme! E quem assistiu sabe: a história é super fofa (e triste), narrada de um jeito suuuper fofo! Então já era de se esperar que a trilha sonora também fosse, né? As faixas te fazem pensar no amor, ah, o amor!
Minhas preferidas são: Us (Regina Spektor) e She's got you high (Mumm-ra).





Amizade Colorida

Esse filme, além de contar com o gatíssimo Justin Timberlake, também tem uma trilha sonora per-fei-ta. Já saí do cinema pensando em baixar as músicas.
As minhas preferidas são: Boys Don’t Cry, com Grant Lee Phillips; Closing Time, com a banda Semisonic; e New York New York, em um remix moderníssimo, com Ray Quinn feat. Ultra Love.







Juno

O filme conta a história de uma adolescente que fica grávida e decide que vai dar o bebê para adoção, então já dá pra ver que tem uma boa dose de drama. Mas, ao mesmo tempo, a história é narrada de um jeito fofo e até engraçado e é fácil se identificar com a personagem principal - que dá nome ao filme. A trilha sonora foi suuuper elogiada e conta com músicas fofas de bandas indies. 
Minhas músicas preferidas: Anyone Else But You (The Moldy Peaches) e Expectations (Belle & Sebastian).




Saga Crepúsculo

Esses filmes todo mundo conhece né? Mas mesmo pra quem não gosta dos filmes, eu recomendo muito que baixem as 4 trilhas sonoras (que serão 5, daqui uns meses): Crepúsculo, Lua Nova, Eclipse e Amanhecer - parte 1. As músicas são todas muito boas, e eu sou completamente viciada. Tanto que não dá nem pra dizer as minhas músicas preferidas, eu ia ter que falar umas dez e ainda iam faltar! Mas pra vocês escutarem, deixo Possibility, da Likke Li, pq me fez chorar no cinema. Essa é da trilha sonora de Lua Nova.




Beeeeeeijos e até o próximo post. 

28.2.12


Não sou confiável

4

Não sou mesmo. Mudo de opinião a cada minuto e enjoo fácil de tudo. Hoje me canso de você, mas amanhã te quero de volta. Inconstante. Essa é a palavra. Nunca tenho certeza de nada. Me faça a mesma pergunta todos os dias e a cada dia terá uma resposta diferente. Coisa de geminiana. Coisa de mulher, na verdade.

Nunca me leve a sério. E, acima de tudo, tenha paciência. Me surpreenda, mas saiba que sou imprevisível e nem um pouco confiável. Falo milhões de coisas da boca pra fora e depois de um tempo já não me lembro de mais nada. Exagero é comigo mesmo. Mas e daí? Sou feliz assim, então nem pense em tentar me mudar.

Sou egoísta ao ponto de te iludir e orgulhosa ao ponto de nunca confessar que faço tudo isso porque tenho medo. Medo de quê? De sofrer, é claro. Medo do que posso posso sentir.

Pois é. Quem diria que por trás desse sorriso sarcástico existe um coração?


VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

13.2.12


Sobre começos felizes e finais desastrosos

1


As pessoas costumam pensar em final feliz. Todo mundo quer ter seu "happy ending", e isso é mais do que compreensível. Mas eu penso um pouco diferente. Eu quero mais (ou seria menos?) do que um felizes para sempre. Eu quero ser feliz agora.

Pra quê querer promessas de "vou te amar para sempre", se não estou vivendo no futuro? Pra quê querer um final feliz, se eu nem quero que tenha um final? Eu só quero um começo. Um começo feliz, que faça com que eu deseje que nunca tenha um fim. Eu não quero ficar me desgastando, imaginando em como e quando terei meu final feliz, e se terei.

Só me dê o agora, e deixe o final para o final. Finais são tristes e dolorosos e não há por que  nos preocuparmos com eles. Vamos viver o agora, baby! Porque o presente é um presente. E o meu presente é você.


VISITE O BLOG NOVO: 20 anos blue https://20anosblue.wordpress.com

8.2.12


Toda menina precisa de ilusões

0
 
Porque se ninguém a ilude, ela mesma faz isso.